Revista Mundaú - Chamadas abertas

Revista Mundaú

Submissões prorrogadas  .jpgno.11 - Antropologia do gesto

Organizadores: Gabriel Luis Bourdin (Universidad Nacional Autónoma de Mexico) e Siloé Soares de Amorim (PPGAS/UFAL)

Prazos: Submissões prorrogadas até 31 de julho de 2021, com previsão de publicação em dezembro de 2021. 

A investigação do gesto humano tem poucos antecedentes na etnologia e na antropologia sociocultural. A maioria dos estudos dedicados aos gestos expressivos provém da semiologia, semiótica, psiconeurologia das praxias, psicologia, história da arte, teatro e teoria da dança e outras disciplinas relacionadas com as linguagens e expressão não-verbal. As abordagens contemporâneas do fenômeno não podem ignorar sua natureza complexa e a evidente necessidade de abordá-lo com uma visão multidisciplinar. As descrições etnográficas das linguagens gestuais e mesmo do comportamento gestual espontâneo, ou seja, não codificado, é um campo aberto à exploração, que hoje conta com a ferramenta mais adequada: a antropologia visual. O presente volume 11 da Mundaú convida os estudiosos deste processo antropológico primordial, que é o gesto humano, a apresentarem suas contribuições e acolhe as várias perspectivas teóricas, metodológicas, temáticas e técnicas que desenvolveram.

no. 11 - La antropología del gesto

La investigación del gesto humano tiene escasos antecedentes en la etnología y la antropología socio-cultural. La mayor parte de los estudios dedicados a la gestualidad expresiva proceden de la semiología, la semiótica, la psico-neurología de las apraxias, la psicología, la historia del arte, la teoría teatral y dancística y otras disciplinas vinculadas con los lenguajes y la expresión no verbal. Las aproximaciones contemporáneas al fenómeno no pueden obviar su naturaleza compleja y la evidente necesidad de enfocarlo con visión multidisciplinaria. Las descripciones etnográficas de lenguas gestuales e incluso, del comportamiento gestual espontáneo, es decir, no codificado, es un campo abierto a la exploración, que cuenta en nuestros días con la herramienta más apropiada: la antropología visual. El volumen 11 de Mundaú convoca a los estudiosos de este proceso antropológico primordial, que es el gesto humano, a presentar sus contribuciones y acoge las diversas perspectivas teóricas, metodológicas, temáticas y técnicas que han desarrollado.

Clique para Submissões e outras informações

 

Anteriores:

n.1 - Direitos diferenciados, conflitos e produção de conhecimentos

n.2 - Desafios e Dilemas da Ética em Pesquisa nas Ciências Humanas

n.3 - Antropologia e Imagem: Produções, acervos e coleções etnográficas

n.4 - Etnologia Indígena: Interfaces e diálogos do conhecimento

n.5 - Cidades Comparadas: estudos em contextos urbanos contemporâneos

n.6 - Interfaces contemporâneas entre saúde e família

n.7 - Religião, saúde e corporalidades

n.8 - Processos identitários, territórios e tradições de conhecimento.

Próximos números:

n.9 - Dossiê: Encontro de Saberes - transversalidades e experiências.

n.10 - Antropologia da Juventude

Confira também nossas seções Artigos, Debates, Resenhas e Encarte Visual que recebem contribuições em fluxo contínuo.