Revista Mundaú - Chamadas abertas

Revista Mundaú

Revista Mundaú

n.9 - Dossiê: Encontro de Saberes - transversalidades e experiências

Edgar Rodrigues Barbosa Neto (UFMG), Isabel Santana de Rose (UFAL) e Marcio Goldman (UFRJ) - Organizadores.

 

Prazos: Estaremos recebendo contribuições até 30 de junho de 2020, com previsão de publicação em dezembro de 2020.

 

Este dossiê pretende reunir diferentes reflexões de natureza etnográfica, político-pedagógica e epistemológica tendo por objeto as experiências de “encontro de saberes” em contextos acadêmicos, englobando ao menos três tipos de iniciativas: 1) as direcionadas para a inclusão de mestres e mestras do conhecimento tradicional como professores; 2) aquelas em que os(as) estudantes tiveram acesso à universidade por meio de políticas de ação afirmativa ou vestibular diferenciado; 3) aquelas em que os(as) estudantes estão matriculados(as) em cursos de natureza intercultural, incluindo licenciaturas indígenas e quilombolas, entre outros.

Nosso objetivo central é examinar as consequências desses encontros sobre as práticas de conhecimento e as formas de organização acadêmicas, e os diferentes modos em que esses encontros são implementados por seus participantes nos contextos fora da universidade. O debate em torno dos “riscos” implicados nesses encontros é parte fundamental da proposta: de um lado, um “verticalismo hierarquizante”, que apenas inverteria a posição respectiva de saberes acadêmicos e não acadêmicos; de outro, um “horizontalismo democratizante”, supondo que as relações entre esses saberes são de mera equivalência e que, no fundo, as diferenças não importam. Nesse sentido, nossa sugestão é um esforço para pensar a relação entre saberes heterogêneos enquanto heterogêneos numa experiência de “transversalidade criativa”.

 

n.8 - Dossiê: Processos identitários, territórios e tradições de conhecimento

Claudia Mura (PPGAS/UFAL) e Edviges Marta Ioris (UFSC) - Organizadoras. 

 

Prazos: prorrogação até 02/02/2020, com previsão de publicação em julho de 2020.

 

Os processos identitários étnicos e territoriais têm sido foco de significativo interesse da antropologia, especialmente dos pesquisadores e pesquisadoras que alimentam os debates acerca dos conflitos que os permeiam, da ação de Estado e das dinâmicas organizacionais políticas e culturais dos grupos sociais neles envolvidos.

Na mesma direção, as dinâmicas da organização social do conhecimento, que marcam tais processos, também têm recebido crescente atenção. Atribui-se cada vez mais importância às bases articuladoras dos grupos étnicos, às identidades e às variações que se apresentam no gerenciamento, distribuição e hierarquização do conhecimento e que, em diferentes contextos históricos e políticos, definem específicas relações de poder.

Considerando a importância desses investimentos de pesquisa, este dossiê visa reunir artigos que abordam os processos de mudança social, política e econômica (incluindo-se os efeitos de políticas públicas) que vivenciaram e vivenciam os grupos que se diferenciam etnicamente. Serão bem-vindas contribuições que analisam a elaboração de tradições de conhecimento, transformação de cosmologias e de manifestações simbólicas, bem como de quadros morais que orientam as experiências individuais e coletivas no estabelecimento e gerenciamento das relações intra e interétnicas. Serão também bem-vindos artigos resultados de pesquisas etnográficas e históricas que abordam as unidades sociopolíticas em diferentes escalas ―famílias, linhagens, associações entre outras― e que analisam a forma como estas alianças se efetivam no tempo e no espaço extravasando ou não o recorte territorial étnico, assim como as variações que apresentam na elaboração e sistematização dos fluxos culturais oriundos de diferentes tradições de conhecimentos.

 

Clique para Submissões e outras informações

 

Anteriores:

n.1 - Direitos diferenciados, conflitos e produção de conhecimentos

n.2 - Desafios e Dilemas da Ética em Pesquisa nas Ciências Humanas

n.3 - Antropologia e Imagem: Produções, acervos e coleções etnográficas

n.4 - Etnologia Indígena: Interfaces e diálogos do conhecimento

n.5 - Cidades Comparadas: estudos em contextos urbanos contemporâneos

n.6 - Interfaces contemporâneas entre saúde e família

Próximos números:

n.7 - Religião, saúde e corporalidades.

n.8 - Identidades, territórios e tradições de conhecimento. 

n.9 - Dossiê: Encontro de Saberes - transversalidades e experiências.

 

Confira também nossas seções Artigos, Debates, Resenhas e Encarte Visual que recebem contribuições em fluxo contínuo.